Especial
Viva Melhor

Icon

O que você faria para conquistar uma vida mais leve e equilibrada? Inicialmente, pode parecer difícil, mas é possível alcançar todos esses benefícios, realizando algumas atividades físicas e buscando uma alimentação balanceada.

De cada dez profissionais, três sofrem da síndrome de Burn Out, que se trata de esgotamento mental intenso causado pelas pressões no ambiente profissional. 

Associação Internacional do Controle do Estresse
Icon

CORPO E MENTE

NO LUGAR

Conheça algumas práticas que podem  ajudar a encontrar o equilíbrio e o relaxamento que você precisa

Um levantamento feito pela Associação Internacional do Controle do Estresse aponta o Brasil como o segundo país mais estressado do mundo. De cada dez profissionais, três sofrem da síndrome de Burn Out, que se trata de esgotamento mental intenso causado pelas pressões no ambiente profissional.  Por isso, reservar um tempo na semana para relaxar é algo essencial para manter-se saudável e equilibrado.

Com a finalidade de renovar as energias, muitos praticam yoga, exercício para trabalhar o corpo de uma maneira harmônica. Maria Neusa Veríssimo, proprietária do Instituto de Yoga Neusa Veríssimo, fala dos aspectos que envolvem a prática. “Vão desde o físico, emocional, mental, psíquico e espiritual.

”Os movimentos usados são para alcançar os pontos de relaxamento, “eles são combinados com a respiração, concentração e interiorização. Trabalhando o físico, as tensões vão se estendendo com o tempo até o psíquico, e isso só acontece através das ações om os músculos que estão tensos, por causa das funções psíquicas. Com a prática, a pessoa se liberta dessas tensões do dia a dia”.

Fim para os pontos de tensão

A correria do trabalho acumula muito estresse, e isso pode ocasionar dores de cabeça e musculares e insônia. Por isso, uma alternativa é a acupuntura, “que atua na parte sistêmica trabalhando as energias em diversas patologias”, conta Daniele Ferreira, acupunturista do Espaço Fisio. “Se chegar com uma dor nas costas, durante a sessão focamos no local determinado, para que ela acabe na mesma hora”, afirma a profissional.

A especialista também afirma que o tratamento não é ligado apenas à dor. “A acupuntura também trata problemas como sinusite e rinite, ela chega aos pontos de crise para dar um alívio imediato, e ao longo das sessões a melhora será gradual.”

A acupuntura também trata problemas como sinusite e rinite, ela chega aos pontos de crise para dar um alívio imediato, e ao longo das sessões a melhora será gradual.

Daniele Ferreira, acupunturista do Espaço Fisio
Icon

O PODER POR TRÁS

DOS ALIMENTOS

Misturando nutrientes e vitaminas, os alimentos fornecem muito prazer e qualidade de vida para as pessoas, principalmente, nas refeições mais importantes do dia, como almoço e jantar

Daniel Costa
ESPECIAL PARA O POVO
danielcosta@opovo.com.br

Energia, bem-estar e sensação de saciedade. Se você tem uma alimentação balanceada, deve colher todos esses benefícios depois das refeições. “Já dizia o ‘pai da medicina’ Hipócrates: ‘Nós somos o que comemos’. Com uma alimentação equilibrada não só mantemos nosso corpo saudável, mas inume de doenças”, afirma Ana Coeli, nutricionista com pós-graduação em Gestão da Qualidade em Serviços de Alimentação. Para isso, o indicado é consumir mais frutas, verduras e cereais integrais. “É importante compreender que o segredo está no que comemos e assim seguir uma alimentação saudável que nos proporcione saúde e bem-estar, sem sofrer com dietas restritivas que priorizem um determinado grupo alimentar em detrimento de outros”, completa Coeli.

Caso não siga essa “receita”, muitos problemas podem aparecer no organismo. “O corpo sofrerá com prejuízos no desempenho de suas funções e será levado ao desenvolvimento de várias doenças ocasionadas por erros alimentares, como obesidade, diabetes e hipertensão arterial”, destaca Eldivane Nobre, nutricionista especialista em Saúde Pública e Nutrição Clínica. Por isso, uma alimentação balanceada é fundamental na manutenção do corpo. “Isso significa que o consumo de uma variedade de alimentos é essencial para a obtenção do equilíbrio de nutrientes indispensáveis para satisfazer as necessidades fisiológicas e psicológicas de um indivíduo”, destaca Coeli.

Cada benefício no seu quadrado

Geralmente, numa refeição rica em nutrientes e vitaminas, é possível perceber três categorias de alimentos diferentes: os energéticos, os construtores e os reguladores. A primeira é fundamental no fornecimento de disposição para executar atividades da rotina, como andar, pensar e brincar. “Todos os alimentos fornecem energia, uns mais que outros. Os que fornecem muita quantidade de energia estão nesse grupo, como cereal, arroz e milho”, revela Coeli.

Nos alimentos construtores, a peculiaridade fica por conta do incentivo ao crescimento e recuperação dos tecidos do corpo, como cabelos e unhas. “Os alimentos que fornecem esses nutrientes são: carnes, leite e derivados (iogurte, queijo, requeijão etc.)”, garante Coeli. Já no último grupo, temos os alimentos reguladores, responsáveis por manter o funcionamento do corpo, prevenindo doenças como gripes e resfriados. “Esse segmento é composto por frutas, legumes, hortaliças e água”, finaliza Nobre.

Para levar na bolsa
Com uma semana cheia de atividades e trabalhos, nem sempre é fácil manter uma alimentação saudável.  Por isso, selecionamos alguns alimentos simples e práticos que podem ser consumidos no corre-corre do cotidiano. Confira:

Frutos secos
Os frutos secos são fundamentais na diminuição da lipoproteína de baixa densidade (LDL), conhecido como mau colesterol, e na multiplicação da lipoproteína de alta densidade (HDL), também intitulada de colesterol bom, no organismo. “Mantenha um saquinho de frutos secos ao seu lado para conseguir energia para o resto do dia”, destaca Ana Coeli. Castanha de caju, amêndoa e avelã são exemplos de alimentos presentes no grupo de frutos secos.
Iogurte
“É um dos alimentos mais vivos graças à presença de bactérias benéficas, que equilibram a microbiota e previnem as cólicas abdominais”, revela Coeli. O iogurte também apresenta microorganismos vivos responsáveis por fortalecer o sistema imunológico e fornecer energia para o corpo, os probióticos.
Banana
Facilmente encontrada em supermercados, a banana é um alimento bastante rico em vitamina C, potássio e aminoácido, precursor da serotonina. “A serotonina é um neurotransmissor que apresenta diversas funções, como regular o sono e o humor, e auxilia na prevenção de distúrbios emocionais”, afirma Eldivane Nobre.

11,8 milhões de pacientes passaram por procedimentos não cirúrgicos no mundo

Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética
Icon

PEQUENAS MUDANÇAS

GRANDES BENEFÍCIOS

Com métodos mais práticos e eficientes, procedimentos não cirúrgicos estão resolvendo problemas no corpo e, consequentemente, na mente

Daniel Costa
ESPECIAL PARA O POVO
danielcosta@opovo.com.br

Geralmente, proporcionando “pequenas” mudanças no visual, os procedimentos não cirúrgicos, considerados mais simples e menos invasivos, como aplicação de botox e peeling químico, têm proporcionado melhoria na autoestima e na qualidade de vida dos pacientes.  “As pessoas procuram fazer procedimentos estéticos por causa de algum incômodo no corpo, como gordura localizada e flacidez. Em todos os casos, o paciente sempre apresenta uma melhoria significativa na autoestima”, ressalta Cido Carvalho (CRM 3369), cirurgião plástico e membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps), de 2013, 11,8 milhões de pacientes passaram por procedimentos não cirúrgicos no mundo. Entre os mais populares estão: aplicação de toxina botulínica, conhecido como botox, preenchimento cutâneo e remoção de pelos a laser. Conforme Carvalho, o primeiro método citado é indicado para resolver problemas de marcas de expressão e rugas no rosto. “A toxina botulínica consegue paralisar qualquer músculo do rosto, amenizando rugas e marcas de expressão, que, geralmente, são acometidas por muita exposição ao sol.”

Já no preenchimento cutâneo, o paciente pode conquistar vários benefícios e mudanças no corpo, como aumentar os lábios e/ou melhorar a aparência de cicatrizes. “O preenchimento serve para rejuvenescer e preencher depressões do rosto, principalmente, na região próxima à boca. Nesse método, é utilizado um produto em gel para completar as áreas do corpo”, ressalta Carvalho.
Independente do procedimento estético desejado, a pessoa interessada deve adotar alguns hábitos saudáveis, como praticar atividades físicas e parar de fumar. “Desta forma, os pacientes apresentam melhor recuperação no pós-operatório”, destaca Carvalho. Os procedimentos não cirúrgicos são indicados para pessoas com mais de 30 anos de idade.

Procedimentos cirúrgicos X não cirúrgicos

No mundo das cirurgias plásticas, existem procedimentos considerados cirúrgicos, que apresentam incisões e maior tempo de recuperação, e não cirúrgicos para resolver alguns “probleminhas” do corpo, a fim de melhorar a aparência e autoestima do paciente. Ainda conforme os dados da pesquisa da Isaps, de 2013, 11,5 milhões de pessoas realizaram métodos cirúrgicos no mundo. Os procedimentos mais procurados foram mamoplastia, lipoaspiração e blefaroplastia, também conhecida como cirurgia da pálpebra.

11,8 milhões de pacientes passaram por procedimentos não cirúrgicos no mundo

Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética
Icon

FUGINDO DO

SEDENTARISMO

Saiba como iniciar uma vida ativa de maneira simples e prudente

Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SHB), em torno de 70% da população não pratica exercícios físicos regularmente. A falta de trabalho corporal pode ser responsável por mais de 50% dos riscos de morte por infarto e também por derrame cerebral, que são as principais causas de óbito no Brasil.

Hipertensão, diabetes, ansiedade e aumento de colesterol podem ser consequências de uma vida sem exercício. Por isso, é importante considerar a prática de atividades físicas para obter qualidade de vida.

Antes de saber como sair do sedentarismo, Adriano Loureiro, presidente do Conselho Regional de Educação Física do Ceará (Cref5 -CE), fala sobre a diferença entre atividade física e exercício físico: “Eu sempre costumo dizer para quem quer começar a ter uma vida ativa, que a atividade é tudo aquilo que se faz para trabalhar o corpo, já o exercício é prática esquematizada. Lavar o seu carro ou varrer a casa são atividades físicas dadas pela necessidade, elas não são extenuantes, porém, aumentam o gasto calórico”.

Sabendo disso, Loureiro faz algumas recomendações: “Se você trabalha em um escritório, pode subir e descer as escadas várias vezes ao dia ou começar a andar a pé para ir ao trabalho, mas fazendo isso de maneira progressiva. Não é bom começar exigindo muito do corpo. Uma opção é contratar um profissional de Educação Física para fazer uma formulação das atividades”.

Aptidão física

“As atividades são por questão de necessidade, fazendo a aptidão física do praticante aumentar. Isso não significa que o corpo esteja sendo trabalhado da maneira mais eficiente. Donas de casa e carteiros, por exemplo, fazem muita atividade física, no entanto, eles estão adaptados, não existe uma sobrecarga. Claro que é melhor do que não fazer nada, mas não há uma evolução. Por isso, depois de um tempo fazendo atividades, começar a fazer exercícios físicos é o mais indicado."

Se você trabalha em um escritório, pode subir e descer as escadas várias vezes ao dia ou começar a andar a pé para ir ao trabalho, mas fazendo isso de maneira progressiva. Não é bom começar exigindo muito do corpo.

Adriano Loureiro, presidente do Conselho Regional de Educação Física do Ceará

Veja mais no
O POVO Digital

Acesse a versão digital do Populares